Buscar
  • Carolina do Nascimento

Como evitar clichês no seu application

Ao longo desse extenso e cansativo processo de inscrições para a faculdade, você deve estar farto de ouvir coisas do tipo "apenas seja você mesmo", "seja original" e "certifique-se de ser único". Parece algo tão óbvio, mas realmente para a maioria dos candidatos à faculdade americanas, não é.


Quando eu estava no Ensino Médio, meu ego “superpreparado” já estava pensando em minha redação de inscrição para a faculdade. Durante o verão, fui para a Summer@Brown na Brown University em Providence (Rhode Island) para um curso de verão sobre redação acadêmica. Ao consultar um orientador no centro de redação da universidade, que é uma referência mundialmente conhecida de redação, minha principal lição foi: fique longe dos clichês ao se inscrever nas instituições.


"Confie em mim", disse o orientador: "no escritório de admissões, lemos tudo. E vemos temas comuns surgindo na escrita dos alunos cada vez mais. É como se eles estivessem escrevendo sobre o que que queremos ouvir, não sobre o que é importante para eles próprios”. Ela então me contou uma pequena piada interna entre os oficiais de admissão:" O maior motivo de risada no nosso escritório é o aluno que escreve sobre sua viagem de serviço semanal à Nicarágua para construir lares que mudaram suas vidas para sempre. Quando ouvimos mais uma história sobre um estudante de um país em desenvolvimento que se sensibilizou pela pobreza de um país subdesenvolvido, simplesmente rimos e jogamos a redação fora na mesma hora”.


Isso não quer dizer que você não deva falar sobre uma viagem que mudou sua vida ou considerar a pobreza como um tópico importante para o seu application, mas você deve evitar o pensamento de escrever sobre o que você acha que vai impressionar os oficiais de admissão. Se, por exemplo, você nunca teve oportunidade de sair do país e apenas trabalhou em uma loja de conveniência durante a maior parte de sua carreira no ensino médio - escreva sobre isso. Isso é você e isso é mais do que suficiente. Adivinha? Os oficiais de admissão estão mais interessados ​​em saber como você pensa, como você aprende e como você comunica seus pensamentos e reflete sobre suas experiências. No meu application, falei sobre como gostaria de ter passado mais tempo com meu pai no Dia dos Pais, em vez de ficar só navegando pelo Instagram. Básico e simples, com a minha reflexão maior sendo a importância da família e de viver mais o presente . Minha ideia era pegar algo que pudesse parecer sem importância à primeira vista e encontrar simbolismo e significado para daí tirar uma lição. Explore profundamente suas experiências anteriores, por mais simples que pareçam, e você se destacará como o candidato único que é.

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo