• Gabriel Mendonça

Do interior do Brasil à uma universidade americana: como consegui uma bolsa de estudos no Bluefield

Vindo de um histórico de baixa renda, sempre achei que havia um limite para minha capacidade. Não importava o quanto eu tentasse, achei que o fato de eu ter vindo de algum lugar considerado menos afortunado me colocava automaticamente em posição inferior aos outros. No entanto, ao entrar no Bluefield College, aprendi rapidamente que estava errado. E isso só foi possível graças a bolsa de estudos.

Como conquistei essa bolsa de estudos? Tudo começou quando eu estava prestes a me formar em uma escola pública na pequena cidade de Guapó. Eu não tinha ideia de onde eu iria para o ensino médio, mas tive a sorte de ter uma professora de matemática que acreditava em mim e me incentivou a estudar em uma boa escola da capital de Goiás. Eu me candidatei e consegui uma bolsa de estudos para ir até lá – a partir desse ponto, minha vida mudou completamente.

Chegar à escola foi muito difícil e não era apenas pela bolsa de estudos que com esforço conquistei. Eu morava em uma cidade e viajava para poder ir à escola em outra localidade, o que significava que eu tinha que acordar às 4h20 todos os dias para pegar o ônibus para que eu chegasse a tempo para as aulas. Essa foi a minha rotina por três anos, mas eu aproveitei cada segundo disso.

Ainda me lembro do meu primeiro dia de aula, fiquei impressionado com toda a estrutura da minha nova escola. No meu primeiro ano com a minha bolsa de estudos, juntei-me a uma equipe de robótica, e lá desenvolvi projetos científicos e sociais, o Plastisseiro * era um deles.

Além deste projeto, também houve um dos fundadores do Projeto Argonauta – um projeto criado em nossa escola para motivar os alunos a buscar oportunidades acadêmicas, como os Concursos de Matemática. Durante o programa, trouxemos duas faculdades americanas para conversar com nossos alunos com o objetivo de mostrar a eles que estudar nos EUA era possível, e uma dessas faculdades era o Bluefield College. Naquele dia, eles conheceram mais sobre os projetos em que eu estava envolvido e me ofereceram dezoito dias nos EUA com todas as despesas pagas. O propósito da viagem ? Eles queriam que eu apresentasse meus projetos para eles.

Eu vim para os Estados Unidos em janeiro de 2017, apresentei meus projetos e três meses depois recebi uma oferta da Bluefield College. Eles me convidaram para estudar nos EUA aqui com uma bolsa de estudos completa, o que significa que eu não tenho que pagar um centavo. Hoje em dia, o Bluefield College é o lugar que eu chamo de lar e estou estudando Administração de Empresas.

Uma lição da minha jornada Como Eduardo Lyra, proprietário de Gerando Falcões, diz: Não importa de onde você vem, mas para onde você está indo. Eu tinha tudo para desistir do meu sonho, mas nunca abri mão dele por causa do meu histórico de baixa renda. Não deixe que suas condições financeiras o impeçam de perseguir seus sonhos. Você chega lá!

Quer saber como conseguir uma bolsa de estudos no exterior? Precisa de uma consultoria para ingressar em uma faculdade em outro país? Não sabe por onde começar o processo de admissão em uma universidade nos EUA? Clique aqui e entre em contato com a equipe da Into the Future e conheça todos os serviços oferecidos para jovens brasileiros que querem estudar no exterior.



<div class="grecaptcha-noscript"> <iframe src="https://www.google.com/recaptcha/api/fallback?k=6Lf2dpsUAAAAACEfdmyB7nYTeaqt9ZNZ_bZMwSdl" frameborder="0" scrolling="no" width="310" height="430"> </iframe> <textarea name="g-recaptcha-response" rows="3" cols="40" placeholder="reCaptcha Response Here"> </textarea> </div>


#bolsadeestudo #estudarnoexterior #estudarnosEUA #graduaçãonoexterior

0 visualização

Posts recentes

Ver tudo

Summer Job 101

Uma das melhores oportunidades que faculdades dos Estados Unidos podem oferecer aos estudantes são as longas “férias de verão” que vão de maio até agosto. Descansar, visitar a família, rever amigos, t