• Gabriel Mendonça

THANKSGIVING

É morando fora que a gente realmente tem experiências reais na diversidade cultural de outros países. O Thanksgiving (Dia de Ação de Graças) é certamente uma daquelas datas dos EUA que qualquer aluno estrangeiro deveria se dar a chance de imersão total.

Eu estudei pela maior parte da minha infância e por toda a adolescência em uma escola americana. Ou seja, por conta da forte relação da minha escola com a embaixada dos EUA (eu morava em Brasília) e da grande quantidade de alunos americanos, eu sempre tive o feriado do Thanksgiving. Minha mãe, carioca da gema, tentava assar um tradicional peru todo ano para honrar a data.

Durante a vida toda, vi em filmes e séries o que parecia ser o Thanksgiving. Famílias comendo em mesas fartas de comida, uma dedicação em memórias dos antepassados. Aprendi ainda pequena a história do Mayflower, Plymouth Rock, e dos peregrinos e nativos no inverno gelado da Nova Inglaterra.

No meu primeiro ano na faculdade, fui convidada pelo meu amigo americano, Connor, original de Cape Cod, Massachusetts, para passar o Thanksgiving com a família dele. Fui, e posso falar que foi a melhor “viagem” (trechos de trem de ida e volta para Boston de 40 minutos cada) que fiz no primeiro semestre.

Pude conhecer a mãe, o pai, seu irmão mais velho e suas duas irmãs mais novas que foram adotadas na China ainda bebês. Conheci também primos, tios e os avós maternos. Fizeram um jantar imenso, foi um dia inteiro cozinhando. A família inteira junta, na cozinha, na sala da casa. As crianças assistindo futebol americano, os mais antigos temperando a comida de acordo com as receitas tradicionais. Cada um trazendo uma sobremesa, a irmãzinha do Connor preparando biscoitos laranjas em forma de peru.

Foi muito bonito ver que, como uma unidade familiar, todos apenas celebravam a gratidão de estarem juntos. A mãe, Michelle, feliz por ter seus dois filhos mais velhos que estudam longe em casa. A matriarca e avó, orgulhosa dos netos. A família já fazendo planos pro jantar de Thanksgiving do ano que vem. Dava para sentir o carinho aquecendo os ar frio de Novembro. Mal posso esperar para este ano de novo.

#Diadeaçãodegraças #estudarnoexterior #graduarnosEUA #Thanksgiving

0 visualização